Treino de hipertrofia: físico torneado e melhora do aparelho locomotor

O famoso treino de musculação vem sido estudado por cientistas do esporte que há anos se aprofundam no tema para provar o que não poderia ser diferente: a prática regular da musculação ajuda na manutenção da saúde e no controle de doenças dislipidêmicas (acumulo de gordura nas artérias e aumento dos níveis de triglicérides) e controle da glicose em níveis saudáveis, além das doenças do aparelho locomotor, tais como: osteosporose, artrose e artrite reumatoide.

 

Para Altino Andrade, profissional de educação física da Rede Just Fit Academias, qualquer doença que gere perda de massa muscular, deve ter no tratamento incluso a musculação, evitando assim a perda exagerada de massa muscular. “Nas rotinas de tratamento de doenças como Aids e Câncer, tem sido cada vez mais percebido a importância da musculação na recuperação e minimização da perda da massa muscular, auxiliando na qualidade de vida desses pacientes, e os mantendo mais ativos e com o sistema imunológico menos frágil”, diz o especialista.

 

A longo prazo, os exercícios de força também atuam beneficamente no organismo. “Nos idosos é possível perceber como a musculação é essencial, para que as atividades cotidianas como levantar e sentar, carregar sacolas, brincar com os netos, entre todas as outras atividades que circundam a vida dos idosos fiquem mais confortáveis e prazerosas”, alerta Altino.

 

Esse tipo de treino ainda evita as fadigas excessivas, acidentes e limitações funcionais. Além da importante ajuda no controle das doenças já citadas e de quebra, a musculação ainda garante um corpo mais rígido e torneado – pro resto da vida.

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

PROCURANDO ALGO

CATEGORIAS

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

ESCOLHA UMA UNIDADE E FAÇA JÁ SUA MATRÌCULA