Outubro Rosa: um movimento que muda vidas

No outubro rosa da Just Fit, 50% das matrículas serão doadas para a instituição Américas Amigas. Vem pra Just!

 

Outubro Rosa é um movimento que visa a prevenção, diagnóstico e tratamento precoce de uma das doenças que mais atinge as mulheres, o Câncer de Mama. A causa nasceu em 1990 nos Estados Unidos, momento em que a Fundação Susan G. Komen for the Cure promoveu uma corrida, na qual os participantes ganhavam um pequeno laço cor-de-rosa para fixar na roupa.

 

O laço e a cor rosa tornaram-se ícones mundiais na luta contra a doença e ganharam força no mundo todo. A intenção da campanha anual é a conscientização da população sobre os riscos, tratamento, maior acesso aos serviços de diagnóstico, formas de prevenção do câncer de mama, além de contribuir para a redução da mortalidade.

 

O auto exame ainda é o melhor método para diagnosticar precocemente o problema, pois além de propiciar o reconhecimento corporal da mulher, colabora na detecção de possíveis alterações, como pequenos nódulos nas mamas e axilas, saída de secreções pelos mamilos, mudança de cor da pele, retrações e outras mudanças. Os exames de rotina e a visita anual ao ginecologista são complementares e muito importantes para que a doença possa ser detectada cedo.

 

O cuidado com o corpo ajuda na prevenção da doença

 

 

Adotar uma vida ativa é um fator determinante para a prevenção do câncer de mama, pois a incidência da doença está claramente ligada ao sedentarismo. Um estudo publicado pelo Daily Mail detectou que as chances de desenvolver a doença é 40% maior em mulheres que não executam exercícios de forma regular.

 

Atividades rotineiras como fazer compras, brincar com crianças, caminhar até compromissos já colaboram muito para uma vida saudável. A junção dos exercícios atreladas com a manutenção de um peso corporal saudável e limitação do consumo de bebidas alcoólicas reduzem o risco do câncer.

 

É essencial entender que existem diversos fatores que influenciam no processo de desenvolvimento da doença, como os fatores comportamentais, que envolvem a obesidade, o sobrepeso, o cultivo de maus hábitos como a alimentação, fumo e a falta de exercícios físicos. Os fatores ambientais, ligados à exposição de radiações ionizantes, e os fatores hormonais e hereditários.

 

Para mulheres entre 50 e 69 anos é recomendada a realização de mamografia a cada dois anos para rastreamento e acompanhamento da saúde. E para alcançar uma vida mais saudável e aumentar a expectativa de vida, a realização de atividades físicas é fundamental. Confira os benefícios de uma vida ativa aqui.

 

 

 

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

PROCURANDO ALGO

CATEGORIAS

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

ESCOLHA UMA UNIDADE E FAÇA JÁ SUA MATRÌCULA