5 dicas para emagrecer com musculação

Você acha que só treinos aeróbicos podem emagrecer? Então confira estas 5 dicas sobre musculação!

 

Não é segredo que a maioria das pessoas encaram os exercícios de hipertrofia (musculação), como um meio de desenvolver músculos e conseguir o corpo “trincado”, que é tão admirado por grande parte da população e não consideram esse tipo de treino um artifício para ajudar no emagrecimento.

Então, vamos esclarecer um ponto para essa questão: as atividades aeróbias realmente são ótimas para a queima de gordura, porém a musculação também pode ser um grande aliado para esse objetivo. Por isso, falamos com o professor Altino Andrade da Just Fit, que separou 5 dicas para entrar em forma com o treino de hipertrofia. Olha só:

 

1- Distribua o treino

É importante organizar e distribuir o treino para garantir que todos os músculos sejam totalmente trabalhados e recebam diferentes estímulos. Dessa forma, é possível promover um maior gasto calórico, além de evitar tornar a musculação “tediosa”, já que terá dinamismo e exercícios intercalados compondo o seu treino.

 

2- Crie hábitos: treino e dieta

Infelizmente – ou felizmente – apenas um treino aqui e outro ali não faz milagre. É preciso criar um hábito contínuo de treinos e dieta.

Ou seja, vá para a academia mesmo quando estiver com preguiça, tenha disciplina e dedicação para fazer disso um costume. No começo pode até parecer difícil, mas depois você vai perceber que o seu corpo sentirá falta quando não puder ir para a academia.

Sobre a dieta, o professor destacou: “Ela ajuda o corpo a queimar mais gorduras e aumentar a massa muscular. Aí o efeito é proporcional: mais músculos demandam a queima de mais calorias a cada atividade e pós treino também”

 

3- Mantenha o Core contraído

É importante que o Core (região próxima ao umbigo) esteja contraído durante todas as atividades realizadas, mantendo muita atenção na postura e, principalmente, na contração abdominal para ajudar no fortalecimento da musculatura da região.

 

4- Complete todas as séries

Não caia na tentação de abandonar uma série pela metade, é importantíssimo que elas sejam executadas do começo ao fim. Cada série é pensada e voltada para trabalhar pequenos grupos musculares e, exercícios como agachamento e Leg Press, por exemplo, são extremamente efetivos e possuem um alto índice de gasto energético, já que recrutam um grande grupo muscular.

 

5- Intensifique e agregue o seu treino

Intensificar o treino é um fator crucial para o gasto calórico. Como disse o professor da Just: não adianta levantar os pesos como se estivesse entediado. É engraçado, mas é verdade e vemos muito isso acontecer em algumas academias. Por isso, procure se concentrar no exercício e mantenha em mente que quanto mais intenso ele for, mais calorias irão embora.

Outro ponto interessante levantado por ele é o Burpee, que apesar de ser um treino que demanda mais preparo físico, pode perfeitamente ser agregado à musculação.

“Não existe meio termo: as pessoas amam ou odeiam o burpee. Ele é cansativo, difícil e traz muitos resultados, sem precisar de anilhas, halteres, pesos ou outros equipamentos”, disse nosso professor.

 

E aí, qual é o seu objetivo? Já tem a musculação inclusa nos seus hábitos? Conta pra gente!

 

Saiba mais sobre o treino de hipertrofia clicando aqui

 

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

PROCURANDO ALGO

CATEGORIAS

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

ESCOLHA UMA UNIDADE E FAÇA JÁ SUA MATRÌCULA